IMAGEM


» DICAS e CURIOSIDADES

Atletismo - Profissional ou Amador

DICAS e CURIOSIDADES

Todo atleta convive com alguma dor muscular ou nas articulações, ressalvamos aqui as exceções que são exceções. Quando submetemos nosso corpo a algum excesso, naturalmente sentiremos no dia seguinte alguma resposta do corpo dizendo que os limites foram ultrapassados. Até ai, nada de anormal, o que o atleta deve estar atento, são com as dores localizadas e dificuldades nos movimentos que perduram por vários dias. Neste caso, algo mais profundo aconteceu, alguma disfunção articular que limitam os movimentos, alguma dor muscular que também acabam por limitar os movimento, dores no joelho e tornozelos e muitos outros casos que acabam por afastar o atleta de sua atividade. 

Em situações como esta, é que se recomenta a técnica de Yawara Seitai, devolvendo ao atleta a liberdade nos movimentos e a ausência de dores localizadas. A técnica compreende o afrouxamento muscular total e algumas manobras que visam devolver ao atleta seus movimentos de antes. Tudo isto sem a invasão das drogas que todos sabem acabam por criar outros problemas.

Veja esta matéria da Revista O2

O sufoco daquela corrida ou treino forte acabou. Sua única vontade é deitar numa cama e relaxar, de preferência enquanto alguém cuida dos seus músculos doloridos. Tornando esse desejo realidade, você vai ajudar a se recuperar e a se preparar para a próxima batalha.

Após a atividade física, os músculos estão "sujos" de metabólitos (lactato, íons H+, fosfato inorgânico, amônia) produzidos pelo corpo durante o esforço. O ato de massageá-los, manipulando ao mesmo tempo tendões e ligamentos, acelera a "limpeza" no local. "Esse processo de limpeza ocorre naturalmente no organismo, mas a massagem acelera a saída dessas substâncias porque aumenta a irrigação sanguínea nesses locais", afirma Neto. "O estímulo mecânico das mãos no músculo torna mais rápida a ida do sangue sujo aos rins. Lá ocorre uma 'lavagem' e o sangue, agora mais limpo, vai para o coração e posteriormente para os órgãos", completa.

A maratonista Marizete Rezende, campeão da São Silvestre e da Meia Maratona do Rio de Janeiro, é uma das muitas atletas que têm a massagem como parte de seu processo de recuperação. "Depois de uma maratona fica difícil até caminhar. A massagem é um ótimo complemento para me recuperar e, além disso, relaxa bastante", afirma a atleta, que faz sessões de massagem até três dias após uma maratona e, ao todo, leva sete para voltar aos treinos diários. A sensação de relaxamento a que Marizete se refere está relacionada à liberação de hormônios, principalmente, a endorfina. "A pressão do toque aumenta a circulação sanguínea no local, estimulando o sistema endócrino, que libera os hormônios. Aí vem o bem-estar", disse Takashi.

REVISTA O2 - EDIÇÃO 08

http://revistao2.uol.com.br/mostramateria.asp?IDmateria=275





ar2
Webmail Compartilhar no Twitter Compartilhar no Facebook Resultados no Bing Resultados no Google RSS Feeds
Cuidar da Coluna é cuidar da saúde em geral. 2011 © Todos os direitos reservados.